Geral, Notícias, política

Para Jean Wyllys os três primeiros meses do Governo Bolsonaro é “fracasso retumbante” e símbolo de “improdutividade”

Na análise do ex-deputado federal Jean Wyllys, os primeiros três meses de governo de Jair Bolsonaro foram improdutivos, como avalia em entrevista ao correspondente internacional da TVT, Flávio Aguiar. Jean Wyllys, que em janeiro precisou deixar o país após receber ameaças de morte de grupos da extrema-direita, acrescenta em sua análise que, na prática, a falta de propostas e iniciativas nesses quase 100 dias de governo não espanta diante de um presidente que não teve compromisso com os debates durante as eleições do ano passado e, segundo o ex-deputado, se elegeu a partir de discursos de ódio e da disseminação de mentiras, as fake news.

A base parlamentar do presidente também foi criticada por Wyllys, que a classifica como um “monstro de três cabeças” formado por Bolsonaro e pelos ministros da Economia e da Justiça e Segurança Pública, respectivamente Paulo Guedes e Sergio Moro, que norteam os dois mais destacados projetos do governo, a “reforma” da Previdência e o pacote anticrime, os quais o ex-deputado classifica como “falácias”. (Com RBA)

“O governo Bolsonaro é um fracasso retumbante e ninguém pode fingir que não sabia que seria um fracasso”, ressalta Willys.

Veja Também: INSINUAÇÃO? Jean Wyllys diz que se quisessem mesmo matar Bolsonaro não usariam uma faca

6 thoughts on “Para Jean Wyllys os três primeiros meses do Governo Bolsonaro é “fracasso retumbante” e símbolo de “improdutividade”

  1. Enquanto isso, ele está em puor pelo exterior, com o dinheiro público, a difamar o seu país. Pergunto: Que credibilidade tem esse imbecil a não ser no meio de seus pares?

  2. O que que este idiota está fazendo? Pulando de galho em galho? Pensou que estava ameaçando os brasileiros ao dizer que deixaria o Brasil se Bolsonaro ganhasse as eleições. Certamente arrependeu-se pois é um medroso. Foi pressionado e teve que sair com esta desculpa de que estaria sendo ameaçado de morte. Só medo sem saber para onde ir. Não quis dizer onde estaria e ficamos sabendo que Portugal não o aceitou. Juntou sua grosseria e ignorância e foi para a Alemanha. Deveria ter ido para a Rússia. Não se preocupe com o Brasil, seu bobo! Você já não é mais nosso… Do Brasil nós cuidamos e o amamos!

  3. Jean Wyllys, tu és uma besta sem cabresto, um incapaz que se refugia por trás de uma renúncia injustificável, – o que em si, define-se como covardia.

  4. Quem é esse imbecil para dar palpites sobre o Brasil, esse cara é tão idiota que ficou se borrando de medo, renunciou e fugiu, pois sabia que a justiça iria chegar até ele. Cale sua boca e recolha-se à sua insignificância, e lembre-se, o fracassado é você em todos os sentidos !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *